Artigos

Liderança: A Importância do Relacionamento com o Liderado

por JAIR SCHERER - 29/05/2015


     O foco da atividade e reflexão que desenvolvemos juntos foi para refletir sobre atitudes mais assertivas e positivas em relação ao que já desempenhamos hoje junto de nossas equipes.

     A proximidade com os nossos liderados é o que nos torna líderes de verdade! Isso faz sentido pra você? Afinal somos líderes de que? Sem pessoas ninguém é líder. Se eu assumo e quero ser líder tenho que gostar de pessoas e entende-las em sua particularidade. As pessoas que estão a nossa volta devem ser vistas como únicas. Cada qual tem sua individualidade, seus problemas, sua vida privada, personalidade. Se nós como líderes conseguirmos entender (e diga-se de passagem é necessário que o façamos, ao menos nos esforcemos nesse sentido) os resultados serão os melhores possíveis.
Muitos ainda resistem ao fato de que não devemos misturar as coisas, trabalho é trabalho; não devo fazer amigos no trabalho; eu preciso separar as coisas, e por aí vai... Isso é um pensamento ultrapassado, não serve nos dias atuais. As pessoas a nossa volta precisam se sentir importantes. Me diga quanto tempo da sua vida você passa com os seus colegas e equipe de trabalho? Não precisamos construir compadres nem comadres, não é essa a proposta. Se fizermos o mínimo que seja, já será um diferencial. As pessoas estão carentes de atenção. Muitas empresas oferecem benefícios de diversas fontes, mas pouquíssimas oferecem reconhecimento pessoal no SER, no que as pessoas são.

      PENSE VOCÊ na sua realidade, imagine alguém no seu convívio que não lhe presta muita atenção, quando você fala essa pessoa de certa forma até ignora você, dá a mínima aos seus pontos de vista, seus assuntos. Imagine que essa pessoa não veja você como alguém único pra ela, pelo contrário essa pessoa se sente superior a você e está sempre dando evidências a isso, como você se sentiria? Agora imagine que essa situação se repita por dias, meses, como você se sentiria? O que você vai fazer a partir desse momento? A tendência é que a gente não dê confiança uma pessoa assim, e passemos a nos distanciar dela. Não existe a menor chance de você dar o seu melhor por essa pessoa, existe?

   Devemos ter em mente que se quisermos resultados diferentes teremos que fazer diferente, de formas diferentes, do contrário os resultados serão sempre os mesmos. Uma forma de colocar isso em prática hoje mesmo, é assumir o compromisso de melhorar nossas relações com os liderados. Isso refletirá diretamente no nível de confiança deles com o líder, e consequentemente no nível engajamento com os projetos e metas, e no nível de comprometimento com os resultados.
Para alcançar as suas conquistas você precisou da ajuda de alguém? Peço que reflita com cuidado, estamos sempre tentados a responder: que a minha conquista só depende de mim. Sim, em partes isso é verdade, só depende de você, mas pergunto você conseguiu o resultado sozinho? Uma reflexão mais ponderada nos fará perceber que sempre tivemos a ajuda de alguém. É assim com todas as pessoas.

   Ninguém está sozinho no mundo! Parece simples, e realmente é!! Precisamos desmistificar nossas crenças. Os líderes que se derem conta disso o quanto antes e colocarem em prática olhando atentamente para as pessoas a sua volta como elas desejam ser vistas (e para isso precisamos ouvir, entender, estar atendo, valorizar, elogiar, não criticar) esse líder terá destaque imediato, terá uma equipe engajada, pessoas se doando e cofiando nele.

   Precisamos ter pessoas a nossa volta que confiem na gente. Então partamos pra AÇÃO, de nada vale o conhecimento se não colocarmos em prática. Mahatma

JAIR SCHERER
Dale Carnegie João Pessoa – PB


 

Patrocinadores de gestão